Volume Russo - Diâmetro VS Peso

Apesar de serem muito importantes (e bonitas), as pestanas são uma das partes mais pequenas do nosso corpo!  Já alguma vez tentou pesar uma pestana? Nós já, mas sem sucesso – o peso de uma pestana é tão minúsculo que para as diferenciar falamos apenas no diâmetro das mesmas.

Cada cliente tem necessidades diferentes na extensão de pestanas, dependendo das suas próprias pestanas naturais. Além da força das pestanas naturais da cliente se as medidas não forem as adequadas para o tipo de olho, as extensões podem não funcionar bem para a cliente. 

O que são Pestanas de Volume?

Como sabe as extensões clássicas de pestanas são aplicadas na proporção de um para um: uma extensão para uma pestana natural. Ao adicionar comprimento e curvatura são ideais para clientes que têm muitas pestanas naturais. 

Na Técnica de volume, por outro lado, são extensões de pestanas mais finas feitas em leques que consistem em algo entre 2 a 10 pestanas por leque. Cada leque é aplicado a uma pestana natural individual.

Assim, em vez de ter uma extensão para cada pestana natural, pode haver várias extensões mais finas para cada pestana natural da cliente.

O Diâmetro e a sua relação com o Peso

Quando você está a escolher as pestanas para um trabalho de volume é fundamental manter o diâmetro (ou espessura) a utilizar. Quanto maior o diâmetro, mais espessa e pesada é a extensão.

O diâmetro mais comumente usado para a aplicação clássica é 0.15 ou 0.20, sendo que as 0.20 são mais espessas e por isso mais pesadas.

 

Uma vez que apenas uma extensão é aplicada a cada pestana, o diâmetro na Técnica clássica pode ser maior do que os diâmetros utilizados para Volume.

Num leque de Volume são utilizadas entre 2 a 10 pestanas e por isso devem ser utilizadas espessuras bastante inferiores. Os diâmetros adequados para Volume são 0,03 a 0,07. O diâmetro, e o número de pestanas em cada leque é determinado pelas pestanas naturais da cliente e pelo visual desejado. 

Criar um leque de volume com o peso certo pode parcer mais simples do que realmente é. Não basta simplesmente dividir o diâmetro de uma pestana de fio-a-fio pelo diâmetro de uma pestan de volume para ver quantas pestanas são precisas.


Aqui está o porquê: Imagine o diâmetro como o comprimento de uma borda de um círculo até a borda oposta. Quando coloca vários círculos que representam os diâmetros de volume das pestanas num círculo maior que representa o diâmetro de uma pestana clássica, há um espaço vazio ( área cinzenta) que afecta o peso geral e que não está a ser contabilizado.

 

Aqui estão duas conversões pelas quais se pode guiar:

Peso de uma pestana 0,10 = Duas 0,07 ou três 0,05          

Peso de uma pestana 0,15 = Quatro 0,07 ou sete 0,05     

Como pode ver, não chega utilizar duas pestanas 0,07 para chegar ao peso de uma pestana de 0,15. Deve utilizar quatro. 

Quando está a fazer volume deve ter sempre em consideração a necessidade de preenchimento mas também o peso apropriado para as pestanas naturais. 

Peso excessivo pode criar uma sobrecarga sobre as pestanas naturais e comprometer em termos de conforto e durabilidade.

O seu objectivo deverá ser sempre encontrar o equilíbrio perfeito para cada cliente.

Cada cliente é diferente - e isso significa que as pestanas também serão

Se escolher fazer os seus próprios leques ou usar leques pré-feitos para aplicação de volume, deve examinar de perto as pestanas naturais da cliente para encontrar a melhor opção. O diâmetro que escolher vai determinar o peso das pestanas e, portanto, o sucesso da aplicação. 

Não tente fazer uma aplicação de volume se ainda não domina a técnica . Uma vez que a aplicação de volume é muito mais complexa do que a aplicação clássica, deve primeiro considerar em fazer uma formação adequada.

Na FindingBeauty temos formações presenciais com a formadora Rosi para que possa aperfeiçoar a sua técnica e expandir o seu leque de serviços.


Publicação Mais Antiga

Sale

Indisponível

Esgotado